Tulatromicina

O mais eficaz dos macrolídeos contra patógenos respiratórios

A tulatromicina é um macrolídeo semissintético de estrutura química única. Na sua composição existem dois
isômeros macrocíclicos, um deles com 13 anéis e o outro com maior concentração na formulação, com 15 anéis
azalídeos, que se unem em um equilíbrio perfeito quando colocados em solução na formulação do TREOXIN

Alta afinidade pelas células de defesa e pelo tecido pulmonar

A tulatromicina possui três grupos de aminas funcionais, portanto, é tribásica. Esse caráter mais alcalino permite que a fração não ionizada da molécula alcance facilmente os tecidos e se acumule no ambiente ácido de algumas células, em especial células do trato respiratório, neutrófilos e macrófagos pulmonares